Inquérito Almoços

08-10-2015 11:45

A associação de pais e encarregados de educação do agrupamento de escolas de Montenegro realizou um inquérito nas escolas básicas do agrupamento. Este inquérito teve como objetivo avaliar a perceção dos pais relativamente à qualidade dos almoços, servidos pela empresa UNISELF, que foi contratada pela Câmara devido ao facto de apresentar os encargos mais baixos aquando do concurso de exploração.

Foram realizados 73 inqueridos pelas escolas básicas: Patacão (N=14); Pontes de Marchil (N=28); EB1 antiga (N=16) e Ensino básico/Pré do Montenegro (N=15).

Conclui-se que a maioria dos alunos (92%) almoça na escola quase todos os dias (Figura 1), o que evidencia a responsabilidade dos pais em relação às preocupações a ter com a alimentação dos seus encarregados de educação.

Em relação à qualidade global da comida servida pela UNISELF, responderam 71 inquiridos. Os resultados mostram que a grande maioria das crianças/pais (39%) considera a comida de má qualidade, 31% razoável, 28% satisfatória e 1% excelente (Figura 2). Atendendo ao critério de “mínimo” bom (satisfaz + excelente) então podemos considerar que apenas 30% dos pais consideram a comida em geral boa. 

Em relação às razões apontadas para a baixa qualidade global da comida, estas foram a pouca qualidade global, nomeadamente quantidade e qualidade dos alimentos confeccionados (Figura 3).

Os hábitos e estilos de vida ganharam lugar de destaque na nossa sociedade, a alimentação é uma área de particular interesse para todas as pessoas em geral e em particular para múltiplos profissionais, na perspectiva da saúde. Desta forma os inquéritos acima levantam alguma preocupação uma vez que a alimentação do ensino escolar deveria, por regra, ser no mínimo bom/satisfatório o que não se verifica de acordo com a perceção pai/aluno nestes inquéritos.

Contactos

APEEM Rua Prof. José de Sousa Ferradeira
Montenegro
8005-813 Faro
apeemontenegro@gmail.com